ACESSO RÁPIDO

10 conselhos para cuidar da sua saúde financeira

Início / Blog / 10 conselhos para cuidar da sua saúde financeira

10 conselhos para cuidar da sua saúde financeira

Pode parecer básico, mas muitas pessoas não entendem o que é ou como praticar a educação financeira. Ela é essencial para cuidar da sua saúde financeira – afinal, a saúde depende do conhecimento.

A educação financeira não é apenas um planejamento mensal. É um conjunto de ações e atitudes tomadas com o objetivo de cortar gastos, investir ou multiplicar o seu dinheiro. Para que isso ocorra, é necessário que haja disciplina e estabelecer hábitos regulares.

Pense na sua saúde financeira como a saúde do seu próprio corpo: não é possível controlar uma doença grave com excessos. Portanto, separamos 10 dicas para ajudar você a não ir para o CTI das finanças:

1. Faça seus planos para o futuro tranquilamente

Não deixe de planejar. Você precisa destinar o seu dinheiro a algum objetivo, principalmente se deseja retorno. Pergunte-se onde você se vê daqui a alguns anos e redirecione suas ações para este destino.

2. Mantenha o canal familiar aberto

É essencial manter a comunicação com a sua família para garantir a sua saúde financeira. Procure conversar abertamente com todos, assim será mais fácil conciliar os planos. Entenda ainda como é possível organizar as finanças de casal.

3. Mantenha uma reserva

Nunca gaste mais a ponto de invadir o dinheiro guardado para imprevistos. Esse dinheiro é sagrado e só pode ser tocado em casos de necessidades reais, e não apenas para uma festa de 15 anos ou uma viagem de lazer.

4. Comprar à vista é sempre a melhor opção

As compras a prazo podem prejudicar você e as suas finanças. Sempre que puder, reserve dinheiro para comprar algo à vista. Os juros do cartão podem variar e colocar você em uma situação complicada.

5. Procure sempre negociar com os bancos

A princípio, evita empréstimos. Mas se você possui uma dívida ativa no seu banco, esteja sempre a postos para negociar. Muitos bancos possuem condições especiais para negociar as dívidas, e você pode escolher a forma mais confortável para você.

6. Nunca ultrapasse os limites do cartão

Entenda o cartão de crédito como uma faca de dois gumes: ele pode não só ajudar, mas também pode atrapalhar com muita facilidade. Planeje-se se precisar utilizá-lo. Confira 7 segredos que vão te ajudar a usar o cartão corretamente.

7. Reserve dinheiro assim que tiver

Muitas pessoas costumam guardar o que sobra no final do mês em vez de reservar uma parte assim que recebem o salário. Não siga esse costume: calcule quanto você pode reservar, seja 7%, 10% ou 15% do seu salário, mas tenha essa quantia reservada assim que receber no início do mês.

8. Saiba muito bem onde colocar o seu dinheiro

Entenda que não são todos os investimentos que poderão trazer resultados. É preciso calcular bem os riscos de se investir em um curso, por exemplo, sabendo que talvez ele não seja tão necessário para a sua formação. Não absorva gastos desnecessários!

9. Seguir estritamente a lista do mercado faz bem à saúde financeira

É isso aí: nada de colocar sorrateiramente um ou dois pacotes de biscoito no carrinho se eles não estão na lista. Antes de ir ao mercado, pense bem no que a despensa precisa e seja fiel ao sair de casa. Pode não parecer, mas gastar com coisas além do planejado pode ter um impacto negativo na conta se virar um hábito. Se você tem problemas para se controlar, pode descobrir 9 truques para economizar na conta do supermercado aqui.

10. Controle suas finanças

Mantenha controle total sobre o que entra e o que sai de sua casa. Compre um caderno ou faça uma planilha de gastos para visualizar melhor o fluxo. Manter tudo na ponta do lápis (ou do mouse) vai te ajudar a visualizar tudo com mais facilidade.

(Fonte: Seleções)

Comente, até breve...muito breve

Comentar

Filtered HTML

  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.
COMPARTILHE: 

Últimas do blog