ACESSO RÁPIDO

10 fatores que contribuem para o aparecimento de doenças vasculares 

Início / Blog / 10 fatores que contribuem para o aparecimento de doenças vasculares 

10 fatores que contribuem para o aparecimento de doenças vasculares 

Antes de falar sobre os principais fatores que contribuem para o aparecimento de doenças vasculares é essencial lembrar alguns aspectos importantes da estrutura do corpo para entendermos melhor o sistema circulatório ou vascular.

O ser humano possui vasos denominados artérias que levam o sangue do coração para as extremidades, além disso temos veias que trazem o sangue das extremidades de volta ao coração e os vasos linfáticos que transportam a linfa que é um líquido originado do sangue, composto de proteínas e gorduras, e transporta glóbulos brancos.

Assim como no trânsito, para que o fluxo de carros flua sem congestionamentos ou transtornos, quanto melhor for a estrada, sem obstáculos, melhor o trânsito. Na circulação funciona assim também: se temos um vaso limpo, com paredes lisas o fluxo de sangue será bom.

Agora que já conhecemos um pouco do funcionamento da circulação, vamos entender como os fatores acima contribuem para má circulação. Confira abaixo:

1. Colesterol

O colesterol é um tipo de gordura que faz parte da estrutura das células do cérebro, nervos, músculos, pele, fígado, intestinos e coração. Ele é essencial para o funcionamento destas células.

No entanto, quando em excesso no organismo ele pode se acumular dentro da parede das artérias, dificultando o fluxo do sangue naquela região. Se este acúmulo não for controlado ele pode chegar a obstruir a passagem do sangue, causando grandes problemas circulatórios como o infarto, o AVC (acidente vascular cerebral), falta de circulação nas extremidades levando à amputação, podendo acometer qualquer região do corpo.

2. Obesidade

A obesidade aumenta muito o trabalho do coração de ter que mandar sangue para um tanto de células gordurosas que estão em excesso. Isto pode causar hipertensão arterial. Além disso, o trabalho do pâncreas de fabricar insulina para regular a glicose também aumenta muito podendo causar diabetes. E o obeso, pelo excesso de peso tende a ser mais sedentário. Todos esses fatores ajudam a causar um estreitamento das artérias dificultando a circulação.

3. Tabagismo 

Tabagismo talvez seja o pior, pois o próprio indivíduo provoca o problema em si mesmo. O fumo tem milhares de componentes que fazem mal a diversos sistemas do organismo. No sistema vascular, ele promove uma lesão na parede das artérias que vai se acentuando com o passar do tempo e leva ao fechamento ou estreitamento importante destes vasos. Pode afetar qualquer região, mas no sistema vascular tem mais afinidade pelos vasos que irrigam o coração, o cérebro e os membros inferiores.

4. Sedentarismo 

Costumo falar que circulação exige ação e movimento, ou seja, o sangue parado aumenta o risco de formar coágulos ou trombos que podem causar uma interrupção da circulação conhecida como trombose. Pode ser nos vasos arteriais ou nas veias.

5. Genética

Conhecer os problemas mais comuns em nossa família é muito importante. Algumas famílias que têm tendência de colesterol alto, varizes, linfedema, diabetes, hipertensão, doenças autoimunes, problemas no sangue enfim, é preciso conhecer para prevenir.

6. Envelhecimento 

O envelhecimento é um processo natural de deterioração ou desgaste do organismo. Só não envelhece quem morre cedo. O sistema vascular também envelhece. As artérias ficam mais endurecidas, as veias mais dilatadas e tortuosas podendo aparecer varizes e os vasos linfáticos menos eficientes. Não podemos deter o envelhecimento, mas podemos fazer ele acontecer mais devagar e com menos intensidade, de acordo com os nossos bons hábitos.

7. Sexo 

Mulheres têm uma tendência maior de ter varizes devido aos hormônios femininos e gravidez. Homens têm mais tendência a problemas arteriais.

8. Profissão 

Pessoas que trabalham muito paradas de pé ou assentadas podem desenvolver varizes com mais facilidade. Também podem ter edema linfático pela dificuldade natural de retorno da linfa para o coração.

9. Clima 

Em locais mais quentes as veias e linfáticos podem se dilatar dificultando o bom funcionamento. Muito sol diretamente na pele também dificulta o funcionamento dos vasos linfáticos podendo levar a edema (inchaço). No frio são as artérias que podem sentir, e apresentar uma constrição, um afilamento das artérias mais finas das extremidades dificultando a chegada de sangue nestas regiões.

10. Estresse

O estresse é causador de uma contração dos vasos arteriais que quando muito frequente pode danificar sua parede e levar a danos irreversíveis.

Como cuidar da saúde vascular? 

Algumas ações podem evitar o aparecimento ou complicações de doenças vasculares, são elas:

1- Controlar o colesterol com uma alimentação saudável. Evite comidas que tenham muita gordura de origem animal.
2- Manter um peso equilibrado. Alimente-se de legumes, verduras, grelhados, frutas, cereais e evite farinha branca.
3- Pare de fumar agora. Sei que não é fácil, mas é possível. Ou você cuida da saúde, ou trata da doença, a escolha é sua.
4- Mexa-se! Para não ser sedentário pratique pelos menos 150 minutos por semana de atividade física aeróbica (caminhada, natação, bicicleta, dança, funcional, etc.) e duas vezes por        semana atividade resistida, musculação ou pilates, por exemplo.
5- Procure conhecer suas tendências, os problemas de saúde mais comum em sua família e faça uma prevenção ativa, direcionada para estes problemas.
6- Sorria, cultive as relações interpessoais, mantenha os cuidados já comentados neste artigo e você vai ter um envelhecimento ativo e saudável com autonomia e independência.
7- Conhecendo as suas fragilidades, homem ou mulher, cuide da sua saúde com prioridade onde ela tem tendência de ser mais frágil. Varizes na mulheres e artérias nos homens.
8- Se necessitar ficar muito parado na mesma posição, ande um pouco a cada hora, fique nas pontas dos pés e trabalhe a musculatura da panturrilha.
9- Percebendo que as pernas estão muito inchadas no final de um dia muito quente, deite-se e coloque os pés e pernas elevadas acima do coração por uns 30 minutos. No frio, proteja          as extremidades com luva, meias de lã, e evite se expor a temperaturas muito frias por longos períodos.
10- Planeje seu dia para ter um momento seu, só seu. Nesta hora, pratique atividade física, medite, preste atenção na sua respiração, afaste os pensamentos negativos e cultive os bons. 

Entenda que o estresse é parte da vida, mas tem que ser uma energia a nosso favor e não contra.

(Fonte: Minha Vida)

Comente,

QUE VOCÊ TENHA UMA ÓTIMA SEXTA-FEIRA! /*--*/

Comentar

Filtered HTML

  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.
COMPARTILHE: 

Últimas do blog