ACESSO RÁPIDO

12 dicas de controle de finanças pessoais

Início / Blog / 12 dicas de controle de finanças pessoais

12 dicas de controle de finanças pessoais

Quando se trata de Finanças pessoais não há duas situações iguais e a maneira de controlar seu dinheiro e sua vida é diferente para cada indivíduo. No entanto, existem algumas dicas de finanças pessoais comum, que podem ajudar aqueles que procuram melhorar sua situação financeira. Uma pequena mudança nos hábitos de consumo ou um ajuste de mentalidade poderia gerar grandes economias e potencial de ganhos. Veja agora 12 dicas de controle de finanças pessoais;

1. Tornar as finanças pessoais uma prioridade

Apesar de nos últimos anos terem surgido muitos educadores financeiros que tem transformado muitas vidas, ainda são poucas as pessoas que buscam ter educação na área financeira. Assuma o controle das suas finanças dando o primeiro passo, tornando a educação financeira prioridade e você verá as mudanças acontecendo na sua vida.

2. Leia livros de finanças pessoais

Há uma abundância de livros para ajudar você a começar o caminho para a melhoria das suas finanças. Autores incríveis juntaram toda sua experiência de vida e colocaram seu conhecimento em livros.

3. Leia Blogs de finanças pessoais

Acompanhar blogs de finanças faz parte de um maior aprendizado para melhorar suas finanças. Nunca pense que sabe de tudo, sempre há algo novo a se aprender. Existem mais de 1.000 blogs de finanças só no Brasil, então aproveite esse conteúdo gratuito. 

4. Encontre um Mentor de Dinheiro

Se você conhece alguém na sua vida pessoal ou profissional que se destaque na área financeira e que esteja disposto a compartilhar ideias, se aproxime dessa pessoa e troque conhecimentos. Esteja pronto para ouvir mesmo que críticas. Isso melhora sua educação na área financeira.

Mesmo que você não conheça ninguém próximo com tais conhecimentos e ainda assim precisa melhorar suas finanças, talvez você possa pagar um mentor. No Instagram você pode encontrar diversas pessoas com formação na área financeira disposto a oferecer mentora financeira. 

5. Faça Cursos Online de Finanças Pessoais

Os cursos disponíveis variam no nível de conhecimento e também preço. São ótimas opções para estudar nos seus horários disponíveis e muito procurado por quem deseja aprender tudo em um só lugar, sem que que ficar procurando em vários blogs e ter que lidar com opiniões diversas.

6. Acompanhe os seus gastos

Um dos passos mais importantes para assumir o controle de suas finanças pessoais é entender onde está indo o dinheiro que você está gastando atualmente. Para acompanhar seus gastos escolha o método mais eficiente para você. Pode ser aplicativo, planilha, caderno financeiro ou qualquer outro método. O importante é acompanhar e analisar qual a importância desses gastos na sua vida.

7. Criar médias de gastos com base nos últimos 6 meses

Depois de começar a rastrear seus gastos com o seu método preferido, obtenha uma média dos seus hábitos normais. Essa média vai servir como referência para construir sua reserva financeira para emergência. No caso de gastos imprevistos você precisa está assegurado por no mínimo 6 meses. A média de gastos deve ser a base para construir o orçamento dos meses seguintes.

8. Explorar diferentes técnicas de orçamento

Você já deve ter vistos em outros blogs educadores financeiros assegurado que seu orçamento deve ser de 50-30-20. Qualquer coisa diferente disso você estará em crise financeira, mas isso é uma regra geral.

Depois de muito tentar fazer minha vida se encaixar nesse método, descobrir que minha proporção ideal é 70-20-10, não importa o que falem. Se você está salvando um pouco do seu dinheiro, mesmo que 10% ou 5%, isso mostra que você está no caminho certo. Experimente todas as proporções até encontrar seu equilíbrio entre passado, presente e futuro. 

9. Concentre-se nas grandes 3 despesas

Despesas como habitação, alimentação e transporte são as categorias de maior custo no orçamento e por isso deve ter sua maior atenção. 

10. Finanças pessoais são pessoais

Nunca esqueça que suas finanças são somente suas, então nem todas as dicas encontradas por aí serão direcionadas para você. Se você quer dicas financeiras personalizadas deve procurar um profissional na área específica para sua dúvida. Tem consultor financeiro que pode te ajudar a planejar seu orçamento, tem consultor de investimentos, tem o mentor e tem também o coaching, para mudar sua mentalidade.

11. Pague-se primeiro

O que isso significa? Muitas vezes as pessoas dizem que não têm dinheiro suficiente para investir, portanto, esta frase refere-se a pagar seus investimentos em poupança e aposentadoria antes de suas despesas mensais padrão. Não espere até o final do mês para investir o que restar. Separe uma porcentagem automática que ainda lhe permita os fundos necessários para cobrir seu orçamento realístico 

12. Use o poder da automação

Uma das vantagens de ter uma conta corrente é usar o pagamento automático das suas contas e também seus investimentos. O pagamento automático já ajudou muitas pessoas esquecidas a não pagar juros e multa por atraso e também mantém os investimentos ativos sem que a pessoa precise se preocupar com nada.

Conclusão;

Quanto mais cedo começar a mudar seus hábitos financeiros mais você poderá desfrutar do poder de escolher. Para mim ter liberdade financeira é isso… é ter dinheiro para escolher se vai comprar uma roupa nova por que precisa ou por que simplesmente deu vontade.

(Fonte: Finanças Real)

Comente,

até breve...muito breve! /*--*/

Comentar

Filtered HTML

  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.
COMPARTILHE: 

Últimas do blog