ACESSO RÁPIDO

5 dicas para saber como reorganizar as finanças!

Início / Blog / 5 dicas para saber como reorganizar as finanças!

5 dicas para saber como reorganizar as finanças!

Reorganizar as finanças em tempos de crise pode soar impossível para muitas pessoas e empresas, afinal, o que realmente está em falta é o dinheiro. No entanto, com boas estratégias essa ação se torna uma tarefa não só possível, mas necessária para enfrentar o momento com mais serenidade.

Além da fase nada favorável para as finanças, existe a falta de planejamento que pode ser fatal para a vida pessoal e também, para as empresas. Portanto, nada como seguir um roteiro para deixar tudo funcionamento de forma adequada.

Abaixo, confira dicas de como fazer isso!

Faça um diagnóstico da situação para reorganizar as finanças

A parte mais dolorosa, porém, extremamente necessária é fazer um levantamento das dívidas. É como se você estivesse enfrentando a realidade de uma forma bem dura, pois o montante devido pode ser bastante assustador. No entanto, não existe como iniciar qualquer estratégia sem uma ideia clara e objetiva da realidade.

Monte uma planilha e liste todas as despesas, entre elas, as contas atrasadas. É importante entender como estão suas finanças no momento atual e também a médio prazo, afinal, não adianta enxugar o gelo. Liste todas as entradas e saídas para que as análises sejam feitas de forma bem detalhada.

Separe as contas fixas das variáveis

O planejamento é sempre a base de uma vida financeira sem surpresas. Embora a crise está batendo na porta, muitas pessoas não estão desesperadas, grande parte delas porque conseguiram entender o poder da organização financeira.

Sempre projete as finanças de forma planejada , separe as despesas fixas, das despesas variáveis.
Estipule um orçamento de gastos mensais
Dentro desse planejamento, determine objetivos e guarde um fundo de reserva que deve ser de 10 a 20% dos ganhos.

Jamais permita que os gastos gerais ocupem toda a renda pessoal ou empresarial. O ideal é que as pessoas sempre tenham um fundo capaz de atender as despesas de pelos menos 3 meses. No entanto, os especialistas mencionam 6 meses para ter mais liberdade financeira.

Reduza o custos

Se antecipe frente a crise, visualize o cenário ao seu redor e preveja que os próximos meses não serão fáceis. Comece cortando curtos, faça uma lista de coisas que você precisa economizar para conseguir guardar um fundo de reserva. Encare o momento como uma emergência, portanto, tente renegociar aluguel, despesas com telefone, luz, água, fornecedores, funcionários e outras dúvidas. Não espere o momento crítico para começar a tomar uma atitude.

Preste atenção nas dívidas com juros mais altos

Muito cuidado com juros de cheque especial, empréstimos bancários e cartão de crédito. Essas dúvidas podem desestabilizar suas finanças. Nesse momento de crise gerada pela pandemia, muitas instituições bancárias estão oferecendo juros mais baixos e adiando parcelas de empréstimos.

Confira as condições com o seu banco, e escolha uma opção que seja vantajoso para o seu caso. Não deixe as contas virarem uma bola de neve, isso poderá trazer grandes problemas futuros.

Mude os hábitos

À partir de agora, você precisa seguir o plano de controle para reorganizar as finanças, use planilhas ou softwares especializados para manter os dados sempre atualizados. Além disso, é preciso mudar a mentalidade de todos da casa ou da empresa, pois as coisas estão diferentes e com isso, todos devem evitar gastos desnecessários.

Manter o controle nas suas mãos é a melhor forma de vencer os momentos difíceis. Além disso, vai perceber que esses são hábitos devem perdurar para sempre para ter mais paz na vida, pois evita que situações de endividamento possam voltar a ocorrer.

Tudo é aprendizado, reorganizar as finanças faz parte, todavia, o ápice será quando perceber que não vai mais precisar fazer isso, uma vez que terá tudo sob controle.

(Fonte: Administradores)

Comente, até breve...muito breve

Comentar

Filtered HTML

  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.
COMPARTILHE: 

Últimas do blog