ACESSO RÁPIDO

7 dicas para uma compra consciente

Início / Blog / 7 dicas para uma compra consciente

7 dicas para uma compra consciente

A compra consciente é um modelo que vai na contramão do consumismo e, como o nome já sugere, procura incentivar a reflexão do consumidor para torná-lo consciente de seus gastos. É a partir dessa lógica que as pessoas se tornam mais responsáveis financeiramente, por meio da análise de suas necessidades de consumo e controle do orçamento.

Elimine gastos supérfluos

Em um cenário no qual o consumismo impera, as pessoas costumam comprar muitos itens e a verdade é que nem todos são realmente necessários. Nesse sentido, a compra consciente incentiva o consumidor a, antes de tirar o cartão do bolso, avaliar gastos e necessidades. Assim, torna-se possível eliminar despesas sem prejuízos à qualidade de vida.

Não compre por impulso

Ao colocar na balança quais gastos realmente importam, fica mais fácil evitar compras por impulso: aqui, planejamento e autocontrole são as palavras de ordem. Portanto, antes de ir às compras, faça uma lista de tudo de que precisa e mantenha-se fiel a ela.

Caso seja possível, pesquise e compare os produtos e, se ficar em dúvida, é melhor deixar para depois. Por fim, lembre-se: não é porque um item é novidade ou está em liquidação que você precisa comprá-lo.

Não gaste mais do que ganha

Embora se trate de um princípio primordial da compra consciente, muitos consumidores esquecem dele ao verem o cartão de crédito. Afinal, a possibilidade de dividir uma compra em parcelas dá a ilusão de que o poder aquisitivo cresceu, mas, no fim das contas, a única coisa que cresce são as despesas.
Portanto, mantenha um controle financeiro e evite a todo custo gastar mais do que ganha. Com isso, além de evitar endividamentos, você também ficará livre da temida inadimplência.

Controle o seu orçamento

Não dá para falar de controle financeiro sem mencionar orçamento. Isso porque esta tarefa somente poderá ser cumprida se você souber exatamente quanto ganha e quanto gasta. Reserve um tempo para registrar os valores previstos para o mês e, posteriormente, anote os montantes reais. Dessa forma, você terá uma dimensão mais precisa do seu poder aquisitivo.

Embora seja completamente viável realizar essa tarefa por escrito, inúmeros aplicativos, como Organizze, Mobills e Guiabolso oferecem uma alternativa digital, mais prática e intuitiva de planejamento financeiro.

Se possível, compre à vista

De antemão, cabe esclarecer que o cartão de crédito não oferece perigos, desde que o titular saiba utilizá-lo. Portanto, se você tem se endividado em compras parceladas, talvez seja melhor dar um tempo nelas e escolher o débito ou boleto como forma de pagamento.

Além de auxiliar no controle financeiro, o pagamento à vista ainda oferece outras vantagens, como um poder de negociação elevado, além de melhores preços e condições.

Exija o comprovante fiscal

O comprovante fiscal é mais do que um simples pedaço de papel: por meio dele, você assegura os seus direitos em caso de reclamação e ainda facilita o controle das suas próprias contas.

Conheça seus direitos

É essencial que você conheça os seus direitos. Para tanto, leia o Código de Defesa do Consumidor pelo menos uma vez. Lá você encontrará as informações mais importantes sobre nota fiscal, cumprimento de prazos, garantia, desistência, controle de qualidade, dentre outras.

(Fonte: TecMundo)

Comente, até breve...muito breve! /*--*/

Comentar

Filtered HTML

  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.
COMPARTILHE: 

Últimas do blog