ACESSO RÁPIDO

8 comidas 'saudáveis' que podem te fazer mal

Início / Blog / 8 comidas 'saudáveis' que podem te fazer mal

8 comidas 'saudáveis' que podem te fazer mal

  Parece, mas não é

Mesmo que você opte por uma alimentação mais saudável, é fácil ser enganado pelo marketing das empresas do ramo alimentício e acabar consumindo algo que não vai fazer bem para você e sua família. Olhe com calma ingredientes e tabela nutricional de cada produto antes de levar para casa. Se possível, prefira alimentos in natura aos industrializados. A galeria traz uma lista de comidinhas aparentemente inofensivas.

  1. Sucos industrializados

Sucos são supostamente saudáveis, certo? Infelizmente, a não ser que o suco seja natural, você deve evitá-los. Sucos de caixinha contêm pouquíssima fruta. São compostos basicamente de água, açúcar, sabores artificiais e xarope de milho. E o pouco de fruta é tão processado que dificilmente conserva qualquer nutriente. Sucos industrializados são péssimos para a saúde. Prefira água ou, claro, os naturais.

  2. Bebidas para esportistas

A não ser que você seja um atleta que acabou de terminar um treino vigoroso, essas bebidas são inadequadas. Elas contêm carboidratos como glicose, maltodextrina e um pouco de frutose. Ajudam a compensar as perdas de sódio do corpo por meio do suor. Bebidas para atletas não são refresco e não te oferecem nenhuma vantagem sem a prática de atividades físicas intensas.

  3. Óleos vegetais

Com o medo das gorduras saturadas, houve aumento no consumo de óleos vegetais feitos de milho, canola, soja e outros, considerados mais saudáveis. O problema é que todos os óleos vegetais fritos em altas temperaturas geram HNE, um subproduto de ácido graxo nocivo à saúde. Essa toxina está relacionada a doenças cardiovasculares, derrames, Alzheimer e câncer, pois sua alta reatividade com moléculas proteicas do DNA e RNA altera de forma substancial o funcionamento celular.

  4. Produtos com baixo teor de gordura

É verdade que gorduras saturadas não são tão boas para a saúde, mas fabricantes aproveitaram esse temor para oferecer alimentos com baixo teor ou livre de gordura. O problema é que isso é feito substituindo a gordura por substâncias químicas, açúcares e adoçantes artificiais. Tudo para manter o sabor. Essas coisas conseguem ser muito piores para a saúde do que a gordura saturada.

  5. Salgados sem glúten

Não importa se os salgadinhos são vendidos sem gordura, com pouco carboidrato ou sem glúten. Junk food é junk food. O fato de não conter glúten ou gordura não os torna saudáveis. Eles geralmente são feitos com amidos e açúcares complexos, que vão direto para o seu sangue.

  6. Margarina

Coloque isso na sua cabeça: margarina é um veneno para a saúde. Ela nada mais é que óleo vegetal processado e rica em gordura trans. Comer margarina equivale a beber uma ou duas colheres de óleo. Já a manteiga, apesar de conter muita gordura, é bem mais saudável, além de ser fonte de vitamina K2 e conter proteína e outros nutrientes.

  7. Barras energéticas

Aqui vale a mesma dica das bebidas esportivas: barras energéticas ou de proteína não são recomendadas, a não ser que você seja um atleta que acabou de terminar seu treino. Esportistas precisam de um nível de proteína maior do que a média das pessoas, mas a maioria dessas barras tem alto teor de açúcar, farinha branca, xarope de milho, gordura trans e outras coisas que você normalmente não gostaria de consumir. Na verdade, mesmo que você for um fanático por esportes, se puder evitar isso tudo, ainda melhor.

  8. Cereais matinais

Cereais matinais são, em geral, muito processados, o que faz perder a maioria dos nutrientes dos grãos originais. Geralmente também são cheios de açúcares e carboidratos. Fuja das marcas mais famosas e procure cereais orgânicos sem açúcar. Sempre verifique a tabela nutricional e os ingredientes usados no produto antes de comprá-lo.

(Fonte: discoverymulher.uol)

Comente,

QUE VOCÊ TENHA UMA ÓTIMA TERÇA-FEIRA! /*--*/

Comentar

Filtered HTML

  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.
COMPARTILHE: 

Últimas do blog