ACESSO RÁPIDO

Acabe com dores menstruais e outros sintomas do ciclo conhecendo este mecanismo

Início / Blog / Acabe com dores menstruais e outros sintomas do ciclo conhecendo este mecanismo

Acabe com dores menstruais e outros sintomas do ciclo conhecendo este mecanismo

Dor abdominal, alterações de humor e até ganho de peso são alguns dos desconfortos comuns durante o período menstrual. Sua frequência em muitas mulheres, no entanto, não significa que esses sintomas sejam normais, segundo Libby Weaver, bioquímica nutricional, para Body + Soul.

Os sintomas do ciclo menstrual, do irritante ao debilitante, dizem muito sobre o estado de saúde do corpo, especialmente quando se trata de problemas hormonais. Qualquer sintoma da menstruação pode indicar um desequilíbrio nos hormônios sexuais: estrogênio, progesterona e testosterona. Seu estado mental e os alimentos que você consome são as principais razões por trás dessa alteração, diz Weaver.

O estrogênio é produzido principalmente nos ovários e uma pequena parte desse hormônio é gerada nas células adiposas, no fígado e nas glândulas supra-renais. Seu papel principal é fixar o revestimento do útero durante a primeira metade do ciclo menstrual, que começa no primeiro dia da menstruação.

A progesterona cumpre uma variedade de funções no corpo. Em relação à reprodução, seu trabalho é manter o revestimento do útero no lugar até que o corpo detecte se há um óvulo fertilizado. Quando não há, esse revestimento é desnecessário, e é por isso que os níveis de progesterona diminuem até o início da menstruação.

Em muitas mulheres, a progesterona é o hormônio predominante do 21º dia do ciclo menstrual. Isso acontece se estamos com boa saúde e se temos um ciclo de 28 ou 29 dias, segundo Weaver. Ter os níveis adequados de progesterona é importante, porque é um poderoso ansiolítico e antidepressivo. Sem quantidade suficiente desse hormônio, você terá uma tendência a ficar mais deprimida ou ansiosa.

O estrogênio, em algumas mulheres, aparece como o hormônio predominante ao longo do ciclo menstrual, deixando para trás a progesterona. Esta pode ser uma das causas da tensão pré-menstrual, uma vez que, quanto mais a menstruação se aproxima, mais naturalmente os níveis desse hormônio diminuem.

Como desequilíbrios hormonais ocorrem e como resolvê-los

O fígado é responsável por desintoxicar o corpo de substâncias externas, que você come, respira ou que seu corpo absorve através da pele. Mas você também deve se livrar do excesso de substâncias que seu corpo secreta, incluindo hormônios. Essas substâncias lipossolúveis, como o estrogênio, são enviadas ao fígado para eliminação. O problema aparece quando o fígado está sobrecarregado.

O órgão prioriza a eliminação de substâncias potencialmente perigosas pelo organismo (álcool, por exemplo), fazendo com que o excesso de estrógeno seja reciclado e volte à corrente sanguínea, pelo menos até que o fígado possa cuidar dele.

A melhor maneira de ajudar o fígado é através do que respiramos, consumimos ou absorvemos através da pele. No primeiro caso, não há muito o que possa ser feito. No entanto, podemos mudar a exposição a alimentos com muitos conservantes e outros aditivos artificiais, além de açúcares refinados, gorduras trans e pesticidas. Você também pode alterar os produtos que você aplica em sua pele e dar preferência aos que têm menos substâncias sintéticas.

O estresse também tem um papel importante na quantidade de hormônios sexuais que circulam em seu corpo. Quando você está sob estresse, ou se ele se tornou um problema crônico, suas glândulas supra-renais preferirão secretar hormônios relacionados à resposta de luta ou fuga (cortisol, por exemplo) ao invés de cuidar dos processos sexuais do corpo, que não são uma prioridade para a sobrevivência.

Possíveis riscos para a saúde

Muitas vezes, o ciclo menstrual indica um risco muito maior para a saúde do que um excesso ou desequilíbrio dos hormônios sexuais. Alguns sintomas podem indicar condições de saúde muito mais graves, de acordo com a Healthline.

Você deve ter cuidado se tiver um ciclo menstrual mais curto ou mais longo que o normal, se estiver pulando períodos, se tiver sangramento intenso ou muita dor. Esses sintomas podem indicar a presença de miomas uterinos, endometriose ou doenças sexualmente transmissíveis.

Além de consultar um médico em casos de sintomas preocupantes, é aconselhável mudar a dieta durante a TPM ou a menstruação: evite farinhas, açúcares e qualquer tipo de alimento industrializado e prefira carnes magras, frutas e vegetais orgânicos.

Além disso, cuide da sua saúde mental participando de algum tipo de atividade como ioga, fazendo exercícios de respiração ou relaxamento ou apostando na técnica anti-estresse que funciona melhor para você.

(Fonte: Vix)

Comente,

QUE VOCÊ TENHA UMA ÓTIMA SEXTA-FEIRA! /*--*/

Comentar

Filtered HTML

  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.
COMPARTILHE: 

Últimas do blog