ACESSO RÁPIDO

Adoçantes artificiais podem levar ao ganho de peso

Início / Blog / Adoçantes artificiais podem levar ao ganho de peso

Adoçantes artificiais podem levar ao ganho de peso

Adoçantes artificiais podem estar associados ao ganho de peso. É o que mostra pesquisa realizada na University of Manitoba, no Canadá, que analisou os resultados de sete ensaios que envolveram, ao todo, 1.003 pessoas e teve acompanhamento médio de seis meses.

Adoçantes artificiais estão presentes em vários produtos, incluindo refrigerantes, iogurtes e analgésicos infantis. Geralmente, são compostos não nutritivos cuja função é adoçar o alimento, podendo ser de 30 a 8.000 vezes mais doces que o açúcar, motivo pelo qual são comumente utilizados em dietas para perda de peso. São exemplos de adoçantes aspartame, sacarina e estévia.

Contudo, a análise do University of Manitoba indica que o uso desses adoçantes pode interferir na habilidade do organismo metabolizar o açúcar, na microbiota intestinal e no controle do apetite. Alguns estudos realizados com animais indicam que o consumo a longo prazo desses adoçantes pode aumentar o consumo de alimentos e o ganho de peso e gordura corporal.

Estudos observacionais, mas não experimentais, sugerem que além do aumento do índice de massa corporal (IMC), o uso de adoçantes pode aumentar o risco de diabetes, doença cardíaca e hipertensão. Por isso, pesquisadores acreditam que sejam necessários novos estudos para análise dos diferentes tipos de adoçantes artificiais e seus efeitos no organismo, comparando-os com os efeitos do açúcar.

(Fonte: Boa Saúde)

Comente,

QUE VOCÊ TENHA UMA ÓTIMA SEGUNDA FEIRA! /*--*/

Comentar

Filtered HTML

  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.
COMPARTILHE: 

Últimas do blog