ACESSO RÁPIDO

Como economizar dinheiro

Início / Blog / Como economizar dinheiro

Como economizar dinheiro

Economizar dinheiro e conseguir montar uma reserva financeira para cobrir imprevistos parece ser um desafio árduo para os brasileiros.Em alguns casos, isto pode ser verdade, mas muitos brasileiros não sabem como economizar dinheiro porque gastam de forma desnecessária e/ou tomam decisões financeiras erradas ou mal planejadas. 

Como economizar dinheiro?

A resposta mais simples é “Gaste menos do que ganha”. A resposta é óbvia e todo mundo já deve saber disto, mas ainda assim, pouca gente consegue executar isto. Muitos não só não conseguem economizar, como também se endividam até o pescoço. Na maioria dos casos, as pessoas sabem o quanto ganham, mas não sabem realmente o quanto gastam. Parte destas pessoas diz que sabe “por cima” o quanto gasta, mas quando começa a anotar as despesas, descobre que gastam muito mais…

“Se você pretende ser rico, pense em economizar tanto quanto em ganhar”.
Benjamin Franklin

Em nossa página de Educação Financeira, abordamos os principais pontos para buscar o equilíbrio financeiro e conseguir ter qualidade de vida no presente e no futuro. Aqui, vamos dar algumas dicas para aqueles que não conseguem juntar dinheiro, passarem a economizar e iniciar a formação de uma reserva financeira; e, para aqueles que já conseguem poupar todo mês, passarem a economizar mais e, quem sabe, antecipar a conquista de uma vida mais tranquila.

PEQUENAS DESPESAS

Nós mesmos já escrevemos sobre o custo do cafezinho diário, para demonstrar que as pequenas despesas podem fazer diferença no final de cada mês e uma enorme diferença ao longo dos anos. É justo que, ao final de um dia extenuante de trabalho, você possa curtir um chopinho com os amigos ou comprar algo bastante desejado, mas se isto está acontecendo quase todos os dias, temos um problema aí. Não estamos falando em cortar todos os gastos não-essenciais, mas que precisamos aprender a nos controlar e não gastar por impulso.

SUPERMERCADO

Este é um dos itens de maior gasto no orçamento doméstico, principalmente nas famílias de renda mais baixa. No entanto, é possível economizar um bom dinheiro fazendo uma lista de compras, pesquisando preços, substituindo produtos mais caros por outros com preço mais em conta, evitando comprar itens supérfluos, entre outras coisas. Veja algumas dicas de como economizar dinheiro nas compras do supermercado. DÍVIDAS

Obviamente, se você tem dívidas, fica mais difícil economizar dinheiro, pois é provável que uma parcela expressiva estará sendo usada para pagar juros. Se você frequentemente usa o cheque especial ou o crédito rotativo do cartão de crédito, certamente tem um problema financeiro. A saída aqui é conseguir quitar rapidamente as dívidas, pagando primeiro aquelas com taxas de juros mais altas. Se isto não for possível, é preciso então pesquisar e migrar as dívidas para modalidades de empréstimo com taxas de juros mais baixas. Ao sair do “buraco”, é preciso mudar de atitude e passar a gastar dentro das suas possibilidades, sem precisar tomar dinheiro emprestado ou parcelar pagando juros. A exceção, neste caso, é o financiamento imobiliário, que possui taxas de juros mais baixas, sendo preferível ter reservas acumuladas para imprevistos antes de quitar este tipo de dívida.

ARMADILHAS FINANCEIRAS

É possível economizar um bom dinheiro ao escapar de algumas “armadilhas financeiras”. As mais comuns são o título de capitalização e os investimentos que oferecem sorteios como fundos e CDBs. O motivo é que estes produtos financeiros oferecem baixíssima rentabilidade (muitas vezes, rendendo abaixo da inflação) em troca da possibilidade de ganhar prêmios em sorteios.

Outras armadilhas menos comuns, ou menos perceptíveis, são o oferecimento de produtos inadequados ao seu perfil de risco ou à sua condição financeira. Como exemplos, temos, planos de previdência privada com altíssimas taxas de administração quando o cliente busca apenas um investimento para uma “graninha” que sobrou e não sabe ao certo quando irá usá-la.

CARTÃO DE CRÉDITO

Para quem não consegue controlar os impulsos de consumo, o cartão de crédito certamente é uma armadilha financeira. Neste caso, o melhor a fazer é deixar o cartão em casa e pagar as compras à vista.

“As pessoas dividem-se entre aquelas que poupam como se vivessem para sempre e aquelas que gastam como se fossem morrer amanhã.”
Aristóteles

Para os que conseguem se controlar, o cartão de crédito pode ser um ótimo aliado para gerenciar as finanças domésticas, pois permite concentrar o desembolso das despesas em uma única data, o que permite fazer um melhor planejamento financeiro.

No entanto, se você tem e usa muitos cartões de crédito, a vantagem do melhor gerenciamento das finanças se perde, além de ter um maior gasto com as anuidades dos cartões. Ter um ou, no máximo, dois cartões é o suficiente.

Há muitos outros itens em que é possível economizar dinheiro, mas é importante salientar que não estamos advogando para que as pessoas se tornem “pão-duras”. O que queremos é fazer com que as pessoas sejam consumidores conscientes, buscando sempre pesar a relação custo vs benefício de cada aquisição. Não é preciso abrir mão de todas as comodidades já conquistadas, mas se quiser ter uma vida tranquila à frente, vale muito a pena cortar ou repensar aquelas que agregam pouco a nossa qualidade de vida.

(Fonte: Minhas Economias)

Comente, 

até breve...muito breve! /*--*/

Comentar

Filtered HTML

  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.
COMPARTILHE: 

Últimas do blog