ACESSO RÁPIDO

Como Ficar Rico: 5 dicas de como ganhar dinheiro

Início / Blog / Como Ficar Rico: 5 dicas de como ganhar dinheiro

Como Ficar Rico: 5 dicas de como ganhar dinheiro

Ganhar dinheiro, como ficar rico, milionário, atingir a independência financeira… Certamente, todos queremos alcançar esses nobres objetivos, não é mesmo? Pois é, ficar rico é incrível, mas é bom entender que não há milagre. Em outras palavras, da noite para o dia, só mesmo ganhando na loteria. No entanto, o mais importante no processo de enriquecer é compreender que se trata de um processo. Por isso, o foco deve ser no médio e longo prazos.

O que é preciso para ser rico?

O ingrediente mais importante na jornada do enriquecimento é, de fato, a mentalidade. Ou seja, pensar como uma pessoa rica é o passo número um. Isso significa compreender que decisões financeiras precisam principalmente de planejamento. Assim, elas devem ser tomadas com base em um controle bem-feito das finanças pessoais.

Nesse sentido, a mentalidade deve vir acompanhada de outros dois aspectos essenciais:

• Disposição para trabalhar: é a geração de renda que cumpre o papel mais importante na construção de riqueza, não o investimento do dinheiro guardado. Isso porque você precisa primeiro ter dinheiro, para depois aprender a multiplicá-lo. O trabalho, portanto, é fundamental;

• Comportamento: a mentalidade deve ser traduzida em hábitos que moldarão, portanto, o comportamento no dia a dia. Como você se comporta em relação ao seu dinheiro é mais importante do que o dinheiro em si.

O que fazer para ficar rico?

O mais importante é ser fiel a seus princípios e valores, valorizando o caráter e o trabalho acima de tudo. Durante a jornada, você certamente deverá prestar atenção em aspectos práticos de organização financeira e investimentos. Então, você precisará ter disciplina, determinação e, principalmente, foco nos seus objetivos.

Como ficar rico?

Conforme você verá abaixo existem 5 dicas que toda pessoa bem-sucedida pratica e que são fundamentais para enriquecer. Então, leia com atenção:

Dica 1: Faça controle financeiro

Em primeiro lugar, está o controle financeiro. Já que ele é necessário para saber a realidade de suas despesas e do seu comportamento diante do dinheiro. Há uma frase muito famosa no mundo dos negócios que diz que “é impossível controlar aquilo que não se vê”.

Assim vem o questionamento: para onde seu dinheiro está indo? Usando uma planilha ou aplicativo, você vai listar e acessar a qualquer momento seu perfil de gastos. Ainda que você não queira usar a tecnologia, pode anotar tudo em um caderno ou agenda. O efeito é o mesmo: você passa a enxergar o que de fato faz com o dinheiro.

Dica 2: Economize

Ganhar dinheiro é importante, mas nosso comportamento ao gastá-lo diz muito mais sobre nossa capacidade de enriquecer que o contrário. Portanto, é imperativo aprender a economizar, negociar e viver sempre que possível um degrau abaixo do padrão de vida.

Quem tem muito hoje, certamente renunciou aos sonhos de consumo momentâneos para construir a tranquilidade que hoje desfruta. Ah, isso é relativo? Claro. Por isso, não leve as coisas para o sentido literal. A saber, o foco da educação financeira é ensinar a planejar. Ou seja, se você economizar para alimentar um sonho maior, vai deixar de consumir agora para desfrutar do objetivo grande no futuro. E isso é tudo!

Dica 3: Guarde sempre

Guardar por um tempo para reduzir uma dívida é um objetivo nobre e que muitas vezes damos conta de colocar em prática. Legal, mas e o futuro? Sem dúvida, ser capaz de investir hoje e sempre, criando um verdadeiro hábito, isso é mais complicado. Para que você consiga isso, vai precisar de disciplina e muita atenção ao planejamento.

Indivíduos financeiramente independentes de fato são capazes de manter o orçamento sob controle. Isso significa guardar entre 10% e 50% do que ganham, ou mais. Mas não se acanhe se chegar à conclusão de que não consegue guardar tanto assim. Comece guardando o que for possível. É o hábito que interessa.

Dica 4: Crie fontes alternativas de renda

Agora é hora de falar a verdade, sem medo. Se você se contentar apenas com o seu salário, vai ser difícil ficar rico. Quem enriquece, chega lá construindo mais de uma fonte de renda. Na verdade, constrói várias fontes de receita.

De novo, não leve para o lado literal. Não se trata de correr e procurar um segundo emprego. Pode ser que isso faça sentido, mas pense além. Por que não criar um negócio, começar a própria empresa? Ou participar de uma sociedade com outras pessoas com espírito empreendedor? Afinal, todos os dias vemos muitos brasileiros se aventurando e criando grandes empresas a partir de ideias simples como:

• Vender produtos alimentícios;
• Revender produtos;
• Vender serviços diversos, baseados em experiência pessoal;
• Criar lojas e investir em franquias.

Seu foco deve ser o aumento do patrimônio. E com isso, você poderá gerar renda em diferentes frentes de negócio.

Dica 5: Tenha um plano para a aposentadoria

Sua jornada precisa ser pensada de maneira a criar riqueza para ser usufruída. E isso significa pensar no agora e no amanhã. A aposentadoria não significa apenas o momento em que você vai parar de trabalhar. Ela é aquela fase da vida em que você poderá desfrutar do que construiu.

Portanto, dedique tempo suficiente para construir um plano decente de aposentadoria. Considere as escolhas de investimento no presente e até lá. O dinheiro que você destinar para este objetivo deverá ser respeitado. Guardar todo mês para ter tranquilidade no futuro é essencial!

(Fonte: trecho de Dinheirama)

Comente,

até breve...muito breve! /*--*/

Comentar

Filtered HTML

  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.
COMPARTILHE: 

Últimas do blog