ACESSO RÁPIDO

Como se planejar para ter estabilidade financeira?

Início / Blog / Como se planejar para ter estabilidade financeira?

Como se planejar para ter estabilidade financeira?

É comum associarmos a estabilidade financeira ao futuro. Afinal, existe uma longa jornada profissional a percorrer até que se possa desfrutar com calma de todas as conquistas, certo? Porém, para que isso aconteça, é importante cultivar bons hábitos desde cedo. Nesse sentido, preparamos seis dicas básicas que podem lhe ajudar a planejar a sua estabilidade financeira. Vamos a elas!

1. Habitue-se a poupar

A primeira dica é a mais óbvia, mas uma das mais difíceis de serem seguidas. Isso porque simplesmente não é fácil fazer sobrar dinheiro, ainda mais quando se está no início da vida profissional.

No entanto, poupar depende muito mais de disciplina do que do tamanho dos rendimentos. Por isso, acostume-se a sempre deixar de lado uma parte de seu salário, mesmo que para isso você precise sacrificar algum consumo. É o primeiro passo para planejar a estabilidade financeira. Isso porque, só depois de aprender a poupar, é que você conseguirá investir.

2. Planeje o seu orçamento

O segundo passo é planejar como o dinheiro será gasto. Nesse sentido, a regra dos 50 – 30 – 20 pode lhe ajudar bastante a organizar o orçamento. 

3. Pague as contas em dia

Quem nunca deixou para pagar depois aquela conta da luz que chegou bem antes do vencimento, e acabou esquecendo? Isso acontece o tempo todo, e é uma das piores coisas que você pode fazer com o seu dinheiro. Um atraso aqui, um juro ali, e no fim a gente literalmente paga pela desorganização, não é mesmo?

Para evitar atrasos desnecessários, uma boa alternativa é utilizar débito automático. Inclusive você pode programar esses débitos também para aplicações, o que já ajuda a criar o hábito de investir.

4. Procure descontos para pagamentos antecipados

Digamos que, num determinado mês, você tenha recebido um aumento, ou acumulou horas-extras. Como você não vai gastar esse dinheiro (afinal, estamos falando sobre planejamento financeiro, certo?) avalie se, em vez de aplicá-lo, não seria melhor pagar antecipadamente alguma dívida. Isso porque, dependendo do desconto oferecido, muitas vezes vale mais a pena antecipar um pagamento do que fazer um investimento. Essa também é uma forma de planejamento financeiro.

5. Estabeleça metas e as distribua no tempo

Mesmo que você esteja começando na carreira, é muito importante já pensar no que deseja alcançar, e estabelecer prazos para isso. Afinal, sem um tempo definido, as metas parecem inalcançáveis, não?

Por isso, coloque seus objetivos no papel, estabeleça prazos para eles e, por fim, pense no investimento adequado para cada um desses prazos. Quanto a investimentos para o curto, médio e longo prazo.

6. Informe-se sobre educação financeira

Por fim, mesmo que você não seja da área, ou não tenha afinidade com finanças, é muito importante que, ao menos, esteja bem informado.
Saber como estão as taxas de juros, o dólar, a inflação, tudo isso vai lhe dar segurança para decidir melhor o que fazer com o seu dinheiro. Por isso, acompanhe o cenário político e econômico e, sempre que possível, escute o que os bons especialistas têm a dizer sobre o mercado financeiro.

(Fonte: Moneytimes)

Comente, até breve...muito breve! /*--*/

Comentar

Filtered HTML

  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.
COMPARTILHE: 

Últimas do blog