ACESSO RÁPIDO

Finanças pessoais: sucesso está na reprogramação de crenças financeiras

Início / Blog / Finanças pessoais: sucesso está na reprogramação de crenças financeiras

Finanças pessoais: sucesso está na reprogramação de crenças financeiras

Bem-estar financeiro é uma das principais preocupações dos brasileiros, principalmente quando olhamos para o futuro. Mas, você já se perguntou se realmente sabe cuidar do seu dinheiro? Estamos condicionados a pensar que prosperar financeiramente é quase uma missão impossível. No entanto, o PhD em Business Administration e fundador da Febracis, Paulo Vieira, explica que a reprogramação de crenças pode ser a etapa que faltava para a conquista do sucesso nas finanças pessoais.

“As crenças humanas são como programas e comandos, e a manifestação dessas crenças é que produz a nossa realidade. Essas manifestações ocorrem por meio de atos, palavras e ações. Sendo assim, podemos dizer que existe uma relação entre a nossa comunicação e os resultados financeiros. Pensamentos limitantes, culminam em atitudes limitadas e o oposto disso também acontece”, avalia Vieira. “Não é porque existe dinheiro na conta hoje que existirá amanhã. O problema é que as pessoas deixam a solução de crises para o momento em que elas se tornam extremas e, então, limitam a busca de soluções apenas para aquele aspecto. Por isso, é preciso reprogramar as crenças de riqueza”, acrescenta.

De acordo com o especialista, ser rico não é uma condição monetária, mas um estado de espírito, um estilo emocional, uma maneira diferente de se comunicar, pensar e sentir. E é justamente este estilo emocional que vai produzir os comportamentos financeiros, sejam eles positivos ou negativos. “Para promover a mudança em sua vida, analise e compreenda como estão suas crenças. Por exemplo, você se sente merecedor de ter dinheiro?

Você se identifica como uma pessoa valorosa, que prospera, rica? A mudança sempre deverá conjugar a razão e a emoção, e com esse equilíbrio você conseguirá mudar sua realidade a partir de uma reprogramação”, conclui Vieira.

(Fonte: Exame)

Comente,

até breve...muito breve! /*--*/

Comentar

Filtered HTML

  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.
COMPARTILHE: 

Últimas do blog