ACESSO RÁPIDO

Reserva de emergência: 4 passos simples para montar a sua

Início / Blog / Reserva de emergência: 4 passos simples para montar a sua

Reserva de emergência: 4 passos simples para montar a sua

Todos estamos sujeitos a passar por situações de urgência — como perda de um emprego, o conserto do carro, um problema de saúde na família ou qualquer outro evento inesperado. Por isso, para não ser pego de surpresa, é importante manter uma reserva de emergência guardada para gastos que aparecerem de uma hora para outra.

Como o próprio nome diz, se trata de uma reserva financeira para emergências. Ou seja, é essencial ter disciplina para usá-la apenas quando for necessário. Mas como formar uma reserva financeira? Onde investir? Confira a seguir 4 passos para montar sua reserva de emergência:

1º PASSO: Organizar seu orçamento mensal

Liste todas as suas receitas e despesas individuais ou familiares numa planilha, classificando-as por prioridade.

2º PASSO:  Traçar um plano de gastos

Faça um planejamento dos seus gastos nos próximos meses e siga com disciplina, para conseguir destinar mais facilmente uma parte da renda para a reserva.

3º PASSO:  Cortar gastos com prioridades menores

Ao montar a planilha e organizar as despesas por prioridade, é possível entender o qual gasto é menos importante, como restaurantes, roupas e demais supérfluos. Até que você atinja seu objetivo, foque somente nos gastos essenciais, cortando os desnecessários e os que não afetam seu padrão de vida.

4º PASSO:  Evitar ao máximo endividamento

Contrair dívidas é algo que não combina com guardar dinheiro. Por isso, priorize quitar dívidas e evite fazer novas.

Qual o valor ideal para uma reserva de emergência?

O valor ideal varia de acordo com a situação. Pessoas que não tem uma boa estabilidade de renda precisam ter uma reserva maior, por exemplo. Porém , em média, o  fundo de emergência deve ter pelo menos 6 meses de gastos, sejam eles individuais ou familiares.

(Fonte: Suno)

Comente,

até breve...muito breve! /*--*/

Comentar

Filtered HTML

  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.
COMPARTILHE: 

Últimas do blog