ACESSO RÁPIDO

Tenho que parar de correr se eu tenho artrite?

Início / Blog / Tenho que parar de correr se eu tenho artrite?

Tenho que parar de correr se eu tenho artrite?

Dizem – até mesmo alguns especialistas – que o exercício pode aumentar a inflamação e a dor de quem sofre com artrite, principalmente se ela for nos joelhos. Será que esse seria o melhor tratamento para artrite? 

Aparentemente, não. Novos estudos aumentam a evidência de que, na realidade, acontece o oposto.

Em uma análise publicada no British Journal of Sport Medicine, pesquisadores escoceses examinaram 21 estudos anteriores realizados em vários países, incluindo EUA, China, Brasil e Suécia. Todas as pesquisas eram relacionadas ao impacto do exercício na saúde das articulações do joelho das pessoas que tiveram artrose ou tinham chance de desenvolver. Ao todo, quase 2.000 participantes estiveram envolvidos.

Correr muito pode fazer mal e levar à morte?

Os programas de exercícios dos estudos variaram bastante em termos de período de tempo, frequência e atividade. Eles iam de quatro a 48 semanas, com atividades realizadas de uma a cinco vezes por semana. E envolviam modalidades aquáticas, treinamento de força e atividade aeróbica. Mas todos envolveram avaliação de biomarcadores relacionados à artrose, como espessura e volume da cartilagem, além de inflamação.

Eles descobriram que o exercício não desencadeia reações inflamatórias ou danos à cartilagem.

Afinal, o melhor tratamento para artrite é o descanso?

“A conclusão é que a ideia de que o exercício é prejudicial à cartilagem se baseia em informações errôneas”, afirmou o autor do estudo Alessio Bricca, do Instituto de Ciências da Saúde Aplicadas da University of Aberdeen.

“Pessoas com artrose no joelho precisam entender que o exercício terapêutico prescrito para prevenir ou tratar a doença é seguro. E, se ele for feito corretamente, pode melhorar a composição da cartilagem”, disse ele à Runner’s World US. “Em vez descansar e evitar as atividades físicas como tratamento para artrite, essas pessoas devem ser incentivadas, tranquilizadas e encorajadas a praticar esportes.”

Ele acrescentou que, no começo, o exercício pode causar momentos de dor. Mas que geralmente essa dor desaparece com o tempo, especialmente se você for cuidadoso em aumentar a atividade gradualmente.

Fuja das lesões com este treino para os tornozelos

Esta revisão ressalta as muitas evidências de que o exercício pode fazer mais bem do que mal no tratamento para artrite. Por exemplo, um estudo realizado no início deste ano mostrou que a prática regular minimiza a inflamação. E ajuda a evitar danos à cartilagem relacionados à artrose. Mais evidências: outro estudo descobriu que a taxa de artrite de maratonistas ativos estava realmente abaixo da população geral dos EUA.

Mas e se a dor durante a corrida aumentar?

Se você já tem artrite e a dor durante acorrida está aumentando, você deve considerar outras formas de tratamento. 

Alimentação pode ter influência nas lesões sofridas do esporte?

Você também pode tentar introduzir o cross-training. “Principalmente atividades como natação ou musculação”, sugeriu Bricca. Ele acrescenta que a única coisa a ser evitada são os treinos com saltos. Já que o movimento não 
é bem tolerado por pessoas com artrite.

5 exercícios de baixo impacto para o seu cross-training 

Então, talvez seja legal deixar de lado os treinos de pliometria ou aqueles que envolvem pular corda ou saltar em caixas. Mas vale a pena apostar na corrida e natação.

(Fonte: Runners World)

Comente,

QUE VOCÊ TENHA UMA ÓTIMA SEGUNDA-FEIRA! /*--*/

Comentar

Filtered HTML

  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.
COMPARTILHE: 

Últimas do blog