ACESSO RÁPIDO

Tomar café puro em jejum faz mal? Por que às vezes isso gera dor e azia?

Início / Blog / Tomar café puro em jejum faz mal? Por que às vezes isso gera dor e azia?

Tomar café puro em jejum faz mal? Por que às vezes isso gera dor e azia?

Paixão nacional, o café está presente na mesa de quase todos os lares brasileiros. Depois da água, é a bebida mais consumida no país, especialmente pela manhã, quando o cheiro fresquinho toma conta da cozinha.

Para muitas pessoas, não há nada melhor que acordar e tomar uma xícara farta, antes mesmo de comer algo. Puro, com leite, adoçado ou não, ele é sempre bem-vindo. Mas você sabia que algumas pessoas podem sentir dores no estômago ao tomar café puro logo ao acordar?

Os especialistas ouvidos pelo VivaBem explicam que não é a bebida em si que faz mal, mas problemas de saúde preexistentes, o metabolismo e os próprios hábitos alimentares. Ou seja, há quem passe mal ao beber café puro logo após um jejum e quem não sinta absolutamente nada.

Para se ter uma ideia, incômodos do tipo também são sentidos com a ingestão de outros alimentos com o estômago vazio. Simone Reges Perales, cirurgiã do aparelho digestivo da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), explica que doces, frituras, refrigerantes de cola, chá preto e mate (que contém cafeína), bebidas alcoólicas e alimentos condimentados como pimentas e frutas cítricas também podem causar mal-estar.

"Esses alimentos estimulam liberação aumentada de conteúdo ácido no interior do estômago e, com isso, pioram sintomas de queimação, refluxo e gastrite, que é uma inflamação da camada de revestimento interna do estômago", diz.

Pessoas com transtorno de ansiedade, enxaqueca, arritmias cardíacas e outros problemas clínicos podem ter sintomas exacerbados quando ingerem essas bebidas ou alimentos em jejum.

Café e o coração acelerado

Como você viu, às vezes o incômodo vai além de uma simples dor no estômago, especialmente quando se trata do café. Isso porque a bebida é rica em cafeína, substância com efeitos estimulantes sobre o sistema nervoso central. Por isso, pessoas que costumam beber muito podem ter sintomas como agitação, excitação, euforia e dificuldade para dormir.

Os efeitos da estimulação do sistema nervoso podem repercutir sobre o sistema cardiovascular e gerar palpitações, aumento da pressão arterial e frequência cardíaca, além de refletir no aparelho digestivo causando azia, dor, desconforto e diarreia.

"Se o café for tomado em jejum, ou seja, com o estômago completamente vazio, a dose da cafeína que é absorvida e acaba na circulação sanguínea é maior do que se fosse tomada junto com outros alimentos, ou depois de tê-los ingerido", explica Luiz Ernesto de Almeida Troncon, professor do Departamento de Clínica Médica da FMRP-USP (Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo).

Os alimentos ingeridos antes ou junto com o café têm efeito de diluição. Nesse caso, a concentração no sangue de cafeína será menor e os sintomas menos intensos.

A recomendação para quem sofre de alguma doença ou sintoma de desconforto é que as bebidas que contenham estimulantes, como a cafeína, sejam ingeridas com moderação. "Recomendamos que as pessoas procurem evitar consumi-las em jejum. A ingestão em jejum de outros alimentos e bebidas não usuais, principalmente em grandes quantidades, sempre trará o risco de provocar algum desconforto", salienta o professor.

Os especialistas afirmam que não há uma quantidade limitada para evitar mal-estar, mas uma xícara seria o "ideal" para não ter sintomas indesejáveis depois.

(Fonte: UOL)

Comente,

QUE VOCÊ TENHA UMA ÓTIMA TERÇA-FEIRA! /*--*/

Comentar

Filtered HTML

  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.
COMPARTILHE: 

Últimas do blog