ACESSO RÁPIDO

Três perguntas para se fazer antes de começar uma dieta

Início / Blog / Três perguntas para se fazer antes de começar uma dieta

Três perguntas para se fazer antes de começar uma dieta

Como escolher a dieta é uma dúvida de muitas pessoas que desejam mudar a alimentação. Algumas querem perder peso, outras ganhar massa, ou ainda ficar mais saudável. Há também aqueles que estão em busca de uma “milagrosa”, que ajude a eliminar gordura rapidamente.

Mas, afinal, como escolher a dieta certa? Com grande variedade de opções fica difícil saber qual é a mais indicada. Para o idealizador do site emagrecerdevez.com, especialista em emagrecimento e certificado em Nutrição Otimizada e Saúde e Bem-estar, Rodrigo Polesso, em primeiro lugar se faz necessário definir o que é “funcionar” no caso em questão. “Uma dieta que funciona pode significar que ela é eficaz em fazer com que a pessoa perca peso temporariamente”, diz. No entanto, segundo ele, a maioria das pessoas não tem problema em perder peso e sim em não o ganhar novamente.

Desse modo, conforme o especialista, antes de se perguntar como escolher a dieta, é preciso refletir sobre três outras coisas:

1 – A dieta tem como foco o controle de insulina no sangue?

Nenhuma dieta ou método que não controle a insulina no sangue irá funcionar em longo prazo. “Para que os hormônios que queimam a gordura – como as enzimas HSL e Glucagon – funcionem, a insulina precisa atuar de forma natural. Ou seja, se houver muita insulina correndo no sangue, o organismo não vai queimar gordura”, explica Polesso.

Carboidratos densos (pães, massas, batatas, arroz, doces etc) são os responsáveis pelos picos de insulina no sangue. Então esses alimentos precisam ser controlados. Por outro lado, destaca Polesso, se a dieta em questão corta os carboidratos totalmente e restringe a sua alimentação à somente poucos alimentos, isto também pode ser um problema. Passa-se, dessa forma, ao segundo questionamento.

2 – A dieta fornece ao corpo todas as vitaminas e nutrientes necessários para que tenha boa saúde?

“É preciso que a dieta promova o consumo de alimentos ‘de verdade’, ou seja, carnes, legumes, ovos, folhas, frutas (com moderação)”, afirma Polesso. Ele destaca que produtos derivados de farinhas (de trigo, principalmente), como pães, massas, mesmo que integrais; iogurtes artificiais; suplementos; e shakes não se enquadram entre esses eles.

“Se a tal dieta limitar seu consumo de alimentos ‘de verdade’, levante a bandeira vermelha”, destaca o especialista. No que diz respeito ao emagrecimento, precisamos lembrar que, ao contrário do que dizem, não precisamos emagrecer para ficarmos saudáveis, mas, sim, ficarmos saudáveis para podermos emagrecer. Isto porque, além da perda de peso sustentável, o objetivo com a dieta é a melhora da saúde e o fortalecimento interno, com ganho de disposição. O que leva à última pergunta:

3 – A dieta proporciona satisfação, disposição e é simples?

“Se a dieta o deixar com fome durante o dia ou à noite, isto não é um bom sinal. Possivelmente o metabolismo de seu organismo será afetado negativamente, mais cedo ou mais tarde por conta disso”, diz o especialista.
Segundo Polesso, o corpo tende a adaptar-se a estes novos hábitos e atingir o chamado “efeito platô”, ou seja, parar de emagrecer.

Polesso mostra-se contrário também a dietas que se baseiam no cálculo de calorias. “O corpo humano é muito mais capaz e inteligente do que podemos imaginar. Quando se fornece os alimentos corretos, ele mesmo faz o trabalho de se livrar da gordura extra e de se estabilizar no peso ideal”, argumenta.

A solução para o especialistas é adotar um estilo de vida saudável, “verdadeiramente embasado no que a ciência sabe atualmente sobre nutrição, emagrecimento e boa forma”. Conforme Polesso, o próprio conceito de dieta está equivocado, pois, entende-se dieta como uma intervenção de curto prazo para resultados em curto prazo. “Nenhuma mudança de vida, nenhum corpo que pretende se manter em forma durante muito tempo vai ser construído por meio de intervenção dietética”, diz.

“Ninguém merece sofrer a vida inteira, por isso, um estilo de vida saudável de verdade precisa ser saboroso, flexível, fazer com que você se sinta bem. De outra forma, você não viverá uma vida, mas um martírio por muitos anos”, conclui.

(Fonte: Sport Life)

Comente,

QUE VOCÊ TENHA UMA ÓTIMA TERÇA-FEIRA! /*--*/

 

Comentar

Filtered HTML

  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.
COMPARTILHE: 

Últimas do blog