ACESSO RÁPIDO

Qual é o seu maior ativo? Ouro, carro, casa?

Início / Qual é o seu maior ativo? Ouro, carro, casa?

Qual é o seu maior ativo? Ouro, carro, casa?

Nas Finanças Pessoais, costumamos medir nossa riqueza pela quantidade de ‘Ativos’ que possuímos. Por ‘Ativo’, entenda tudo aquilo que possui algum valor, que represente algo de positivo para o saldo de suas Finanças. Os exemplos clássicos são os bens que possuímos (imóveis, carros, etc.), os investimentos e o dinheiro que temos em mãos. Mas, qual deles será o ‘Ativo’ mais importante?

Os exemplos que demos acima são os ‘Ativos’ tangíveis e, portanto, mais fáceis de identificar e quantificar. Por isso mesmo, são os mais lembrados por todos nós, o que faz com que eles tenham uma maior importância em nossas vidas. Em nosso dia a dia, quem tem o melhor apartamento e o carro mais caro é, via de regra, considerado o que teve maior sucesso nas Finanças Pessoais.

Isto não é necessariamente errado. Porém, temos que levar em conta também que existem ‘Ativos’ do tipo intangível, que não são tão óbvios nem simples de serem mensurados. Infelizmente, acabam não sendo considerados em nossa vida, apesar de que talvez estes sejam realmente os ‘Ativos’ que realmente importam para a nossa vida.

Exemplo? Saúde. Estar saudável, seja mentalmente como fisicamente, é um ‘Ativo’ primordial em nossa vida. Sem isso não é possível sequer pensar em obter outros tipos de riqueza (como os imóveis e carros) através do trabalho. Ainda assim, a saúde é um aspecto para o qual não damos muita atenção: só lembramos dela quando ela é prejudicada por alguma doença. E muitos daqueles que fazem alguma tipo de atividade preventiva (como um esporte ou condicionamento físico), tem como motivação maior o aspecto estético e não a real manutenção de uma vida saudável.

Outro exemplo de ‘Ativo’ pouco lembrado por nós é o “Tempo”. O nosso tempo é limitado, não tem como esticar mais as 24 horas do dia. E a nossa própria vida tem o seu “Tempo” finito.

Geralmente, associamos esta questão do “Tempo” mais com as nossas atividades sociais e de lazer: “Ah como eu gostaria de ter Tempo para me divertir mais”. Mas, o “Tempo” também é extremamente importante em nossa vida profissional. Ter Tempo para conversar e ouvir os nossos clientes, os nossos pares e os nossos colaboradores é algo super valioso. Ter Tempo para definir estratégias e buscar soluções inovadoras também.

Por isso, não desperdice este valioso ativo, o “Tempo, de forma inconsequente". Cada segundo conta.

(Fonte: Minhas Economias)

COMPARTILHE: 

Educa Jogos

Últimas Notícias